Planejando o Futuro

18 10 2008

Vamos fazer uma brincadeira? É assim, a gente estabelece datas e conta o que pretende estar fazendo nelas… Pode ser? Eba!” – XX, sendo sem-assunto e assumindo que adora joguinhos de casal.

O que você pretende estar fazendo daqui a…

Meia hora: Preparação para dormir! Escovar os dentes, pentear o cabelo, passar a maquiagem, por o salto e sair! prender a juba e deitar!
1 hora: Dormindo muito bem, já que essa noite foi difícil de dormir… Relatório pra entregar, namorado roncando alto… Não colabora muito :(
1 dia: Amanhã, hmm… Infelizmente não estarei dormindo ou panguando. Tenho um trabalho da faculdade pra terminar, e minha parte não é muito legal ¬¬ Ah sim, também verei o namorado, pois ele está no meu grupo (por sinal, com a mesma tarefa chata) e verei os bobões do grupo =P
1 semana: Espero que eu esteja em casa, quase dormindo na minha cama box linda! Ou quem sabe estarei vendo um filme com o namorado, já que nós vamos lá pra casa juntos… Talvez eu esteja na rua, mas isso é bem pouco provável, minha cota de ‘Habibs de madrugada’ já se esvaiu.
1 mês: Provavelmente estarei estudando para alguma prova de fim de semestre (conhecidas como P2). Aliás, eu REALMENTE espero estar estudando, pra não reprovar em nada! Sem contar que talvez eu esteja com aquela sensação gostosa de ‘natal chegando’ (sensação essa que vai ser interrompida pelos meus exames da faculdade, que vão até dia 23/12 ¬¬).
6 meses: Em Abril de 2009 eu já não vou mais ter um namorado (o blog não vai acabar, calma!), e sim um noivo lindo e maravilhoso! Vou ter matérias para cursar na faculdade (não vou ter reprovado Química II, logo não serei impedida de fazer Química Orgânica e Inorgânica I) e estarei caçando Iniciação Científica. A situação financeira vai estar razoável e meu pai vai ter um emprego bom!
1 ano: Fim do 2° ano da faculdade, de acordo com as minhas contas vou estar estudando que nem uma condenada pra no 1° Semestre de 2010 eu arranjar um estágio. O relacionamento vai estar as 1000 maravilhas, com as briguinhas de sempre mas tudo bem. Eu vou ter um celular fodão (sou doente por celulares, me internem) e vou estar de novo com o mesmo sentimento de “Êba, Natal!”. AH SIM! Sem esquecer que já vou ter meu carrinho! =D
3 anos: Vou morar sozinha num apartamento que eu vou pagar o aluguel (com meu salário de estagiaria), ou quem sabe (bem ‘quem sabe’ mesmo, já que ele mora com os pais) vou dividir ele com meu namorado noivo. Provavelmente verei minha irmã mais nova debutar e não vou achar nada de mais (hauahuaha), mas vou aproveitar a festa!
5 anos: Finalmente, a tão esperada formatura! Serei uma Engenheira Junior, terei meu estágio cancelado pra ser efetivada na Basf (por enquanto é a empresa que eu conheço que tem o salário mais alto pra estagiario u.u) de São Paulo e voltarei pras cidades grandes! Meu noivo vai arranjar um emprego em alguma multinacional do grande ABC, e teremos nosso apartamento na Chácara Klabin. Esse pensamento ainda tá em reforma, não sei se quero ir pra São Paulo =| Quem sabe outra capital, menos lotada…
10 anos: Casamento com o namorado noivo mais perfeito do mundo. Vai ser uma festa linda, enorme, megabalada, chique e com convites com direito a RSVP! Como nem tudo é como a gente quer, depois do casamento receberei uma notícia inesperada: Eu e meu marido arranjamos empregos no exterior! (Há, pegadinha hein? Ótimas notícias!) Depois do casamento, faremos as malas e nos mandaremos pras gringas, deixando tudo pra trás, e voltando pra visitar sempre! =D
20 anos: Serei uma Engenheira Sênior de sucesso, casada, bem sustentada e o principal: feliz! Já vou ter meus 2 filhinhos lindos (um casal, por favor) e ambos serão parecidos com o pai (lindo lindo lindo lindo lindo).
40 anos: Vida estável, filhos crescidos e me trazendo muito orgulho. Pretendo estar velhinha do lado da pessoa que eu mais amo nesse mundo: O XY! :)

Eu sei que o post foi meio ‘comercial de Qualy’, mas tudo bem, sonhar não custa nada né? Pelo contrário, até te dá lucros, pois assim você pode trabalhar mais para conseguir o que quer! Amanhã tem Showzinho legal aqui e eu vou! Trago fotos depois!

;*

XX





Planejando o futuro (versão XY)

17 10 2008

Hoje vamos fazer um post diferente e mostrar o que eu e a XX pretendemos fazer daqui alguns tempinhos de vida !!!

Lá vai

30 minutos pretendo estar aqui no pc ainda escrevendo esse post, ja que não tenho velocidade o suficiente pra terminar um post em menos de 30 minutos

1 hora Estar terminando o post e me preparando pra dormir talvez

1 dia Estar estudando com o grupo de IEQ e depois a noite estar em um showzinho foda xDDD


1 semana viajando pra São Paulo e comendo muita comida japonesa

1 mes Me ferrando de estudar pq eu tenho que tirar notas boas de qualquer modo pra não piorar de vez minha situação na faculdade X_X

6 meses eu realmente espero estar fazendo calculo II ( e não fazer calculo I pela terceira vez né?) e ter resolvido e acertado todas as diferenças com a XX


1 ano
ainda com a minha perfeita namorada, e fazendo IC (iniciação científica)


3 anos
estar noivo com a XX e estar fazendo estagio remunerado.

5 anos estar namorando a XX e juntando dinheiro para o casamento ja wee e se tudo der certo estar formado tbm né? (mas vai ser dificil).

10 anos ja estar casado sem filhos ainda, e depois de ter juntado um bom dinheiro atuando na area de engenharia, estaria me encaminhando para um ramo na area de pesquisa e buscando um mestrado doutorado, e demais especializações

20 anos ter um casal de filhos,  e estar envolvido em boas pesquisasem uma area em expansão, e ainda estar ao lado da XX como sempre!!

40 anos estar com os filhos grandes e bem criados ja, todos no caminho certo bem sucedidos, estar em perfeita comunhão com minha esposa, estar tão carinhoso com ela quanto sou agora.

Profissionalmente estar concorrendo a um premio nobel… Mas busco em primeiro lugar a felicidade familiar mesmo

E espero que até lá alguem esteja comentando o blog ;___;~ pq por enquanto ta dificil x_X

XY





Rotina…

16 10 2008

Ontem, como todas as terças, dormi na roça-chata. Depois de uma noite ótima, não acordamos para a aula de IPC e dormimos mais um pouquinho (pelo menos eu dormi como uma pedra). Depois de mto tempo dormindo: acordei, ajudei a XX a lavar roupa, fui comprar coisas para o almoço, fiz molho branco e por ultimo acabei fazendo algo absurdo… comi couve flor!!! Eu sei que pode parecer absurda a idéia de comer aquele negócio estranho que é meio planta meio sei lá o que (não, nunca como nenhum vegetal), mas para deixar a XX feliz não custa nada né? E no final ainda acabei gostando da florzinha porem estou me adaptando aos poucos neste novo mundo, conversamos sobre nossos assuntos religiosos, resolvemos que alguns domingos irei falar sobre Deus pra ela, e tentar com carinho explicar e a resolver algumas diferenças entre a gente…

Finalmente hora de ir pra Aula de física, a professora ia dar a vista de prova e eu estava bastante nervoso, estava torcendo muito para que a XX fosse bem, é obvio que eu queria ir bem tbm, mas me preocupo mto mais com a nota dela porque ela sempre é mais ligada com esse negócio de ter notas altas e tudo mais. No final, depois da professora resolver todos exercicios, demorando 5 horas ( um pouco menos) em cada,  ela entregou as provas, XX estava pseudo feliz com sua nota (6), ja que só 8 alunos tiraram nota maior que 5, porém, quando ela perguntou a minha nota (8), foi o suficiente para cara dela mudar drasticamente,de um pseudo sorrisinho, para uma cara de va se f**** infeliz, logo após a cara ela soltou todos os xingamentos do mundo, devolveu a prova pra professora, foi embora da sala, pegou carona e sumiu do mapa (se bem que onde a gente está ja é sumido do mapa). eu fiquei no ponto de carona por um tempinho esperando alguem passar, e enquanto isso a outra menina conversava comigo:

-E aí ta assim porque? (eu estava com a maior cara de bunda do mundo por motivos óbvios) foi muito mal na prova de física, a professora fica fazendo maior terror, e se bem que é verdade todo mundo vai , mal acontece, mas na p2 todo mundo tira 10, mas na p1 todo mundo zera e bla bla bla bla bla bla

-Tirei 8… e você?

é todo mundo vai mal menos voce, e nao tem carona e blablabla

até que finalmente parou alguem e eu pude ir embora e encerrar o assunto, chegando na República da XX , abriram a porta pra mim, e a XX continuava put****** comigo. daí eu lembrei ela, que se ela quisesse terminar ela podia, pois a gente tinha conversado (em um passado não muito remoto) que se a gente brigasse denovo terminaríamos  no final ela não queria falar comigo de jeito nenhum. resolvi sair da republica e esperar minha carona para casa no portão (todo dia minha mãe passa la e me traz para a roça pseudo-legal). Nisso ela pede a chave da casa pra mim ( o que eu não tinha sequer pegado), não passa mto tempo e ela volta , e dessa vez com uma faca na mão… agora imaginem:
Uma menina com ódio de vc, achando que vc perdeu a chave dela,  chega perto de vc com uma faca na mão, pronto nem precisa nem pensar nada, morri ali mesmo, no outro dia estaria saindo no jornal: “Menina revoltada com seu 6 na prova quebra faca tentando matar o namorado (afinal nenhuma faca daquela republica presta)”

mas voltando… ela pega e fala abre a porta do meu quarto pra mim, ela morrendo de odio de mim ainda vem me pedir pra abrir a porta do quarto com uma faca. Mas como não perco tempo pra ficar perto dela e fazer as pazes corri para abrir a porta. Mas não foi tão facil assim… Depois de  usar 5 facas diferentes, um grampo e toda força que eu tinha…

…a porta não abriu, mas ainda persisti não ia desistir da maldita porta, e depois de muita força acabei quebrando a porta, o que me ajudou a abrir a porta, e no final adivinhem. La estava a chave ,dentro da bolsa dela e eu voltei pra rua  -.-

Depois de um certo tempo ela voltou e levou umas bermudas minhas que havia deixado, o copinho de danone que eu roubei de uma menina da rep dela. e ficou sentada e falamos que iamos terminar e eu não queria e ela me amava, mas tinha que terminar, pq tinha que ser assim e a unica coisa que eu queria ouvir era, desculpas vc não fez nada! só isso… mas depois desse vai, não vai, minha mãe chegou. conversamos um pouco mais e no final ela não resistiu aos meus encantos e me agarrou ali no meio de tudo e todos…

E é essa a rotina, no final tudo sempre termina feliz *–*

XY





“E a próxima vez que…

15 10 2008

… a gente brigar, a gente não fala nada, só vira a cara e vai embora e prontocabou.”

Foi assim que terminou uma conversa-briga séria da semana retrasada. Óbvio que depois disso ambos fizeram um esforço sobre-humano para não brigar, mas não deu. Tudo ia bem, até a entrega da P1 de Física I. XX, orgulhosa como sempre, queria ser a melhor da sala. XY, humilde como sempre, queria que XX saísse feliz da sala de aula.  Óbvio que isso não aconteceu, afinal de contas Murphy é o XX’s Best Friend .

“- Muito bem pessoal, vou entregar as provas: Fulano, Ciclano, XY, Beltrano, XX…

– E aí?

– Hm… 6.0 e você?

– 8.0”

[Em algum lugar do passado…

XY diz: “Deixei de fazer uma questão, se der sorte acerto tudo que fiz e tiro 8.0”

XX diz: “Poxa, eu fiz tudo… ]

XX, puta da vida por ter estudado pra car3ig0pfg a vida inteira e estudado pra prova , tem um ataque. (“Nossa, vai tomar no cu, putaquepariu, vai tomar no meio do seu cu!” *sic*) Pobre XY, fica com cara de bunda, fica chateado, fica triste, fica down and feeling blue e todas essas coisas aí. XX vai pra casa triste por ser um jegue, pega carona com um fulano qualquer (que a deixa num lugar totalmente desconhecido) e vai andando pra casa (ou tentando). No meio do caminho tem lágrimas, terra, tênis fazendo barulho de pum (tênis largo é uma desgraça…) e mosquitos voando. XX se acalma, chega em casa, espera XY chegar e começa a chorar de raiva.

O que eu quero dizer sobre essa novela toda é que deu briga. Claro que deu briga né? Eu sei que não é lá muito coerente brigar por causa de notas, mas por toda a minha vida eu sempre fui a nerd da sala, aquela que enquanto todo mundo se mata de estudar, vai lá e tira um 10. Apesar da faculdade ser mais difícil, isso não é motivo pra eu ir mal (principalmente quando eu estudo). SIM, eu sei que eu fui tosca, mas meu orgulho é algo difícil de se engolir, então não vou comentar.

W/e, não estou postando para discutir a minha escrotice em relação a notas. Estou postando para falar que esse negócio de “a próxima vez que…” não funciona. Se é relacionado a algo bom, claro que vai dar certo. Mas se essa próxima vez acontecer sem querer, não é nada mal voltar atrás.

Eu voltei atrás e continuo namorando. Estou mais feliz do que nunca, obrigada. =)

Edit:Eu e o XY ficamos felizes com os comentários do último post! Muito obrigada meninas que comentaram! ^____^

XX





Elizabethtown e Física

14 10 2008

Ou Física e Elizabethtown, tanto faz! Vou começar pela obrigação, afinal primeiro a obrigação e depois a diversão, como já dizia minha mãe (e meu pai, e minha avó, e minha tia…). Sebunda-feira, dia de ir para a faculdade ter aula de Física Experimental I, bondimaisobrigada. Claro que apesar das MILHARES de abelhas que sempre aparecem para fazer companhia para os alunos, a aula não é tão desagradável quanto parece (mesmo com o professor mais irritante do mundo). Acontece que aqui em roça-city estava calor. Não, não calor, mas calor, entende? Do tipo que estoura seus miolos, faz sua enxaqueca atacar very hard e de quebra ainda chama sua rinite pra fazer a festa. Ou seja: Eu estava uma pilha de nervos para ter uma aula sobre “Queda Oblíqua”, ou qualquer outra tortura que fosse.
Não fosse pelo meu querido e amado XY, acho que eu já teria morrido. Afinal de contas quem foi que matou os monstromons (também conhecidos como insetos) com uma régua? Tnx, love ya :** […] No fim das contas, acabei assistindo a tal aula chata e fugindo de uma aula de Cálculo I (reprovação é péééssimo) com o MESMO professorzinho, tomei um banho geladíssimo e jantei. Claro que já estou morrendo de calor, mas isso é (quase) relevante :D

Elizabethtown ★★★★

Após provocar um prejuízo de US$ 972 milhões para a Mercury, a maior empresa de esportes dos Estados Unidos, ao elaborar um tênis que foi um fiasco, Drew Baylor (Orlando Bloom) é demitido pelo magnata Phil DeVoss (Alec Baldwin). Ellen Kishmore (Jessica Biel), sua namorada, acaba com Drew. Ele decide cometer suicídio e estava para executá-lo, quando o celular toca. Drew atende e sabe através da sua irmã, Heather (Judy Greer), que o pai deles, Mitchell (Tom Devitt), morrera de infarto em Elizabethtown, Kentucky, cidade-natal de Drew. Heather diz que ela e a mãe deles, Hollie (Susan Sarandon), precisam do apoio dele e, além disto, teria de ir até Elizabethtown para ajudar a organizar o funeral. No vôo ele conhece Claire Colburn (Kirsten Dunst), uma aeromoça que lhe dá alguma esperança no futuro.

Ok, podem me xingar mas não achei o filme tão grande coisa assim. Ganhou 4 estrelinhas porque tem o Orlando Bloom, a trilha sonora é relativamente agradável (mesmo eu odiando ‘Free Bird’) e a idéia do mapa da viagem final é muito criativa. Achei meio tétrico a história de amor girar em torno de uma pessoa que já morreu (e no final ainda viaja), sem contar aquela esposa pirada na cerimônia o.O Não sei, idéia estranha… Outro ponto negativo é o fato de o filme acabar do nada, tipo… E depois? *se sacode* Mas como nem tudo são espinhos (que adaptação horrível ¬¬), achei bem legal o fato de não ser uma história de amor colegial bonitinha, em que tem famílias contra o relacionamento e uma ‘bitch’ que se envolve com o cara. Num balanço geral, o filme é bom mas deixou a desejar.

Agora já é hora de dormir, pois minha dor de cabeça está… Explodindo! :( Espero que gostem do Blog, e indiquem para outras pessoas!

Beijos, XX





PP: Primeiro Post

13 10 2008

Primeiro dia de blog e primeiro comentario sobre a nossa rotina. Mas primeiro deixe-me falar um pouco de mim:

Meu nome é XY e sou o homem do relacionamento, estou sempre que possível bem-humorado e evito brigar com a XX o máximo que posso mas vezes é dificil (parece mentira mas é). Fora isso estou sempre dando algum presentinho pra ela e fazendo alguma coisa para agradá-la.  Quando não  estou com ela fico em casa conversando no msn e simultaneamente jogando um (ou mais) jogo qualquer, mas sempre dando um pouco de atenção  pra ela, senão vira briga.

Bom, vamos ao dia de hoje:

Tem de tudo pra ser um dia normal e bom. Acordamos meio cedo, acho que umas 9:30 (sim, isso é cedo pra gente) e fomos assistir um dos filmes que alugamos sábado: Elizabethtown ;filme bem bonitinho, comediazinha romântica, típico filme para se assistir em casal, recomendo.  Depois ela foi pro quarto acertar os detalhezinhos do blog, e enquanto isso eu sofria com o almoço e a louça na cozinha. Fiz purê de batata , arroz e calabresa grelhada. A parte mais dificil foi o purê, porque no final acabei quebrando o espremedor de batatas e acabei tendo que fazer tudo no garfo… Apesar disso isso ela gostou  bastante da comida. Bom, agora vou la com ela assistir 10 coisas que eu odeio em você (pela milionésima vez).

Em breve trago mais noticias sobre a gente. Espero que gostem da idéia do blog e opinem sempre que quiserem, é isso.

vamos ver se da certo agora né?

XY





Apresentações

13 10 2008

Oi, alguém aí além de mim lendo? Ah, claro que tem, meu namorado! Enfim, vou explicar o que acontece por aqui: Meu nome é XX e eu sou a garota do relacionamento as you can see. Namoro o XY há algum tempo já e depois de algum tempo resolvi ceder aos pedidos dele de ter um Blog. A idéia nunca foi ter um ‘blog em conjunto’, mas ele sempre quis um pra ele. No fim acabamos criando o blog juntos. A idéia principal do blog vai ser mostrar o cotidiano de um casal, mas mostrando pontos de vista diferentes. Não somente para ‘fazer fama’, mas também para guiar um pouco o namoro, porque é sempre bom reler o que aconteceu.

Depois de tomar um coro do WordPress, acho que tá tudo mais ou menos em ordem, né? Então posso me apresentar decentemente! Como já disse lá em cima, sou a garota do relacionamento, e sou chata. Sim, sou uma chata de galocha, teimosa que nem uma mula! Sou o lado ‘menino ogro e grosso’ do relacionamento, e tenho a mão pesada pra bater. Toda vez eu tenho que arranjar um motivo pra encrencar, seja familia, religião, costumes ou etcs. Claro que quando rola a tal briga, eu que olho pra cara dele e choro que nem uma retardada. Gosto de sair pra jantar comida japonesa (embora na minha roça-chata não tenha), tenho mania de fazer tudo de última hora, abomino minha rinite alérgica, sempre peço pra ele ir ao banco pra mim e lavar a louça.

E aí, será que vai pra frente? :)

XX